Geral

Quênia aplicará pena de morte para caça ilegal de animais protegidos

Se alguém é a favor ou contra a pena de morte, agora é a sentença que espera caçadores ilegais no Quênia, e é o governo do país que decidiu isso!

O Quênia é o país africano com o rebanho mais bonito de animais selvagens: leões, elefantes, rinocerontes e outras maravilhas do mundo. Infelizmente, todos esses animais estão em perigo ou até ameaçados de extinção.

Não julgaremos a nova lei emitida pelo governo queniano, mas agora a caça desses animais será punida com a morte

Antes desta lei, no Quênia, a caça ilegal era punida com multas monetárias ou até prisão por reincidência, mas apenas 4% dos delitos cometidos contra animais são repreendidos pelos tribunais. Com essa medida mais do que radical, o governo queniano pretende dissuadir qualquer pessoa (indígena ou turista) de caçar animais protegidos.

Essa medida deve preocupar especialmente caçadores ilegais que atacam elefantes e rinocerontes em busca de marfim ou chifre e incentivar os declínios acentuados registrados nos últimos anos (85% menos caça ilegal em rinocerontes em comparação a 2012 e 75% menos para elefantes).

Restam apenas 1000 rinocerontes selvagens na África e 34000 elefantes e as autoridades quenianas estão prontas para fazer qualquer coisa para protegê-los… Essa medida obviamente parece muito radical, mas tem como objetivo principal convencer os agressores a impedir o massacre desses animais selvagens!

LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo