Jardinagem

Saiba como podar rosas em casa: cuidados básicos

A poda é uma etapa imprescindível para manter as rosas bonitas e saudáveis. Diante disso trouxemos alguns cuidados que você deve ter ao realizar esse procedimento para obter ótimos resultados.

O tamanho da sua roseira determina a forma da planta.

É importante saber que o sentido, a direção em que ocorrerá o crescimento da roseira, será determinado por cada corte, ou seja, se sua intenção é direcionar o crescimento dela para uma determinada direção, é preciso que os cortes sejam feitos de modo que o crescimento coaxial fique mais próximo do desejado.

A poda anual de rosas ajuda a prevenir doenças.

A cada vez que você retira os caules mais velhos, ou aqueles cruzados, isso facilita o fluxo de ar e a penetração dos raios solares, isso evita que as folhas fiquem úmidas por muito tempo e, consequentemente, previne doenças na planta.

A poda mantém uma roseira saudável.

Quando perceber que ocorreu alguma danificação nas hastes da roseira e essas estão morrendo, é só cortá-las e eliminá-las. Além de resolver a situação, ainda trará maior resistência para as demais.

Os acessórios para podar rosas

Para o tipo de poda mais simples, você precisará somente de luvas feitas de couro, para evitar ser atingido por espinhos, e podas bem afiadas (as “bypass” são mais indicadas).

Caso você tenha rosas mais antigas e maduras, é provável que necessite usar uma serra de poda, já que essas são mais difíceis de retirar.

Caso, as hastes possuam muito espinhos, use luvas que protejam até o pulso para evitas lesões.

É necessário também que observe se a região onde está fazendo a jardinagem possui pragas de rosas, se houver, você também vai precisar usar cola branca para envolver a área das hastes cortadas.

Quando podar rosas?

Nas regiões mais frias: 

Neste caso a recomendação é que a poda seja feita no final do inverno. Antes que os botões comecem a desenvolver.

Em áreas mais moderadas:

Nesse caso, o ideal é que a poda seja feita na época mais fria do ano, quando o crescimento reduz, antes que os botões comecem a desenvolver.

Isso deve ocorrer de 3 a 4 semanas antes da data média da última geada mortal. A pode deverá ser realizada em um dia em que as hastes estejam protegidas da geada.

Nas áreas mais quentes:

A parte mais fria do ano nessas regiões é a hora mais indicada para podar rosas, devido ao crescimento reduzido nesse período.

Observações :

Nas regiões mais frias e temperadas, onde a geada pode matar, o momento da poda é extremamente importante.

O recomendado é que a poda seja feita mais tardiamente para evitar o congelamento e a dormência da rosa, ela ficará mais alerta. Somente as partes de cima serão atingidas com a geada, as de dentro continuarão vivas.

Como podar rosas?

É necessário que realize cortes nas hastes que meçam em média 6mm

acima de um broto e em um ângulo de cerca de 45 graus se afastando do broto.

O crescimento vai iniciar logo abaixo de onde você cortar o botão.

Coloque o corte para que as novas hastes cresçam na direção desejada.

Retirar :

Caules mortos ou moribundos

Varetas esfregando contra outra vareta (remova uma delas)

Caules danificados por insetos, doenças ou tempestades

Hastes mais finas que um lápis

Quanto mais você encurtar seu arbusto (mais difícil você poda), mais flores grandes você terá.

Se podar menos, você terá muitas flores menores.

Em termos de centímetros, corte os galhos de 30 a 38 cm para algumas flores grandes; para incentivar muitas flores pequenas, corte os galhos de 45 a 60 cm.

***

Redação Genialidades. Com informações de Nos Recettes Faciles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar